Empresa caxiense amplia exportação por meio de projetos da Microempa

EspetoSul embarcou nesta semana contêiner para a Nova Zelândia com cerca de 3 mil produtos 

 

Integrante do Núcleo Setorial de Negócios Internacionais (Microex) da Microempa de Caxias do Sul, a EspetoSul também participa do Peiex, o Programa de Qualificação para Exportação, desenvolvido desde o fim de 2021. A competência buscada pela empresa tem originado bons resultados, principalmente além da fronteira. Nesta semana, um contêiner com quase 3 mil produtos fabricados pela metalúrgica caxiense foi embarcado para a Nova Zelândia.

A EspetoSul exporta desde 2017, quando iniciou as operações por meio de pequenos lotes de espetos giratórios movidos a pilha. Desde então, o relacionamento foi ampliado e atualmente a empresa conta com distribuidores em 11 países. O diretor da EspetoSul, Fábio Pescador, conta que os mercados considerados mais fortes são, além da Nova Zelândia, Austrália, Estados Unidos, Canadá e Chile.

Também entram na conta de principais compradores dos espetos produzidos em Caxias do Sul Argentina, Bolívia, Venezuela, Portugal e Japão. Negociações em andamento, adianta o empresário, devem levar os produtos para Israel. “Nossas habilidades comerciais foram aprimoradas por meio das capacitações encaminhadas pela Microempa. Por isso, 80% das operações internacionais são feitas internamente. Todas as empresas deveriam exportar, principalmente quem tem um produto competitivo. Sou um incentivador da exportação, uma garantia de agregar faturamento”, explica o diretor da EspetoSul, empresa que também fabrica churrasqueiras.

Fábio Pescador complementa que 30% do faturamento é oriundo das exportações. Ele defende a ampliação do conhecimento como fundamento importante para as empresas se inserirem em novos mercados. “A EspetoSul evolui a cada ano participando dos processos de interação e troca de informações”, complementa o empresário.

 

Incentivo à exportação 

Lançado em novembro do ano passado, o Programa de Qualificação para Exportação (Peiex) é desenvolvido de forma inovadora pela Microempa de Caxias do Sul. Vencedora do edital da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a entidade efetivou dezenas de termos de adesão e é responsável por coordenar três grandes regiões do Estado – o Núcleo de Caxias do Sul e os polos de Bento Gonçalves e Erechim.

A participação no programa é gratuita e podem se inscrever empresas locais com CNPJs ativos, com produtos ou serviços exportáveis, que desejam se qualificar para exportar em até 24 meses e tenham condições de aumentar a produção ou dedicar parte dela para atender os clientes internacionais.

Após assinado o Termo de Adesão ao Peiex, é elaborado o Diagnóstico de Prontidão Inicial para analisar o nível em que se encontra a empresa para estar capacitada às exportações. A partir desse ponto são desenvolvidas as capacitações por meio de módulos.

Os empresários interessados em acessar o Peiex podem contatar a Associação das Empresas de Pequeno Porte da Região Nordeste do RS – Microempa pelos e-mails monitor.caxiasdosul@apexbrasil.com.br e coordenacaogrupos@microempa.com.br ou pelo telefone (54) 3025.7532.

Comente com Facebook

Assine nossa newsletter

Preencha seus dados e cadastre-se para receber nossas novidades

Endereço:
Rua Jose Bisol, 1086, Bairro Lourdes 95072-280 Caxias do Sul, RS

Telefone:
(54) 9983.9372

Email:
atendimento@cq7.com.br

Últimas notícias